Planejamento e início da viagem para os Estados Unidos

Iniciamos aqui a nossa série de posts relatando um pouco para vocês sobre a viagem para os Estados Unidos (Las Vegas/Califórnia) que fizemos em 2015.

A viagem começou com a compra das passagens. Encontramos um excelente preço, para Las Vegas, pelo site Melhores Destinos e selecionamos as datas para coincidirem com o meu aniversário, dia 13 de abril. Assim, a ida seria dia 11 de abril e a volta dia 29.

Contaremos em outro post, em breve, tudo o que você precisa saber para economizar até 30% na compra de passagens aéreas.

A partir daí, começamos a planejar quais cidades visitar e quantos dias para cada uma delas.

Roteiro da Viagem completo
Roteiro da Viagem completo

Após muitas mudanças de planos, decidimos o seguinte: ficar as duas primeiras noites em Las Vegas, partir de avião para San Francisco para ficarmos 5 noites, onde alugaríamos um veículo para descer a Highway 1 até Los Angeles, com paradas em Monterey (uma noite) e San Luis Obispo (uma noite). Em seguida, 3 noites em Los Angeles e os últimos 5 dias em Las Vegas novamente.

Com isso definido, começamos a procura por hospedagem, que também serão explicados mais adiante, fazer o visto americano, bem como a reserva do carro e compra dos passeios.

 

A PREPARAÇÃO

Quando a data da viagem se aproximou começaram as preocupações. Primeiro com as “pessoas” que ficavam, minha filha mais velha e nossa cachorrinha. Mas a maior era a minha saúde, pois eu estava grávida de aproximadamente 10 semanas quando viajamos.

Para não haver problemas e viajar com segurança, algumas semanas antes consultei minha médica que autorizou a viagem e me tranquilizou. Me deu várias instruções e alguns medicamentos imprescindíveis para enjoo e cólicas.

Como sempre acontece em dias de viagem eu fico surtada, faço uma lista detalhada de todas as atividades que tenho que fazer até a hora do embarque, mesmo assim sempre parece que estou esquecendo de algo importante, ou que tudo vai dar errado e vamos perder o voo, enfim, problemas mentais que um dia resolverei.

 

A VIAGEM

Nesse dia não foi diferente, repassei mil vezes tudo, verifiquei mil detalhes e quando saímos esqueci meu celular carregando na tomada, ainda bem que me dei conta quando estávamos na esquina e não no aeroporto.

Pegamos o voo em Porto Alegre com destino a Brasília às 17h30. Quando despachamos as malas, a funcionária da Gol, que percebeu o quão leve elas estavam, comentou que voltaríamos cheios de compras. E ela não estava enganada.

Esse primeiro voo foi bem tranquilo, sem enjoos, sem turbulência, descemos em Brasília com pouco tempo, só deu para ir no banheiro e comer um pão de queijo, logo embarcamos no voo da Delta com destino a Atlanta as 21h40.

Aeroporto JFK em Brasília
Aeroporto JFK em Brasília

O voo transcorreu tranquilamente, minha médica havia me dito para não ficar o tempo todo sentada, para levantar e dar uma passeada pelo avião, mas eu não fiz isso. Primeiro porque não levantei nem para ir ao banheiro (sim sou dessas malucas que não faz xixi em avião mesmo que a viagem dure 8 horas, como foi o caso).

Segundo porque eu estava cansada mesmo e queria tentar dormir a todo custo, o que não foi uma tarefa fácil. Apesar de não ter havido turbulência e estar escurinho e bem silencioso, poltrona de avião não é um lugar gostoso e fiquei a viagem toda num vira pra lá, vira pra cá, enrola e estica, sem dormir bem.

Interior do avião Delta
Interior do avião Delta

Durante a noite foi servida uma janta, um franguinho bem gostoso, e quando estávamos quase chegando, um café da manhã. Não comi o sanduíche, mas me entupi de café com leite e com a descida do avião fiquei muito enjoada e tonta, ainda bem que tinha levado meu remédio anti enjoo na bolsa.

Janta servida na Delta (não tiramos foto, pegamos uma imagem parecida na internet)
Janta servida na Delta (não tiramos foto, pegamos uma imagem parecida na internet)

Descemos então em Atlanta às 5h40, horário local, e admito que fiquei um pouco preocupada com a alfândega, pois sempre ouvia falar que os americanos encrencam com qualquer um, mas tivemos uma agradável surpresa. Como foi passar pela imigração e as 10 horas que ficamos em conexão neste aeroporto, conto no próximo post.