Dia 5.1 – Conhecendo o Golden Gate Park

Golden Gate Park

Para este dia, a programação era conhecer o Golden Gate Park (não confunda com a ponte Golden Gate), o famoso bairro dos hippies Haight-Ashbury, Alamo Square e os bairros Mission e Castro.

Após consultar o GPS, começamos o dia pegando a linha de ônibus 5R, na Market St, que nos levou até o parque, pela Fulton St. Para entender mais sobre o excelente transporte público da cidade, clique aqui.

Você pode ir até ele também de carro ou de bicicleta. Há estacionamentos gratuitos e pagos dentro do parque. Ir de bicicleta pode ser uma mão na roda, facilitando muito seu deslocamento dentro dele. Ou você pode ainda chegar de ônibus e alugar uma bicicleta dentro do parque.

GOLDEN GATE PARK

Golden Gate Park

O Golden Gate Park é tão grande que se estende por cerca de 50 quadras da cidade, na sua lateral. Fizemos um guia completo sobre ele, com todas suas atrações, clique aqui para conhecer.

O ônibus que pegamos percorre toda essa lateral do parque (Fulton St). Assim você pode descer na altura em que preferir. Nós descemos logo no início dele, na 6ª avenida.

Nossa ideia era conhecer apenas uma parte do parque, devido ao pouco tempo disponível. Por isso descemos no início dele, para conhecer um pedaço e porque ainda caminharíamos muito neste dia.

Sinceramente, eu acho que esse foi o dia em que mais cansamos, pois caminhamos demais. Pelos meus cálculos foram entre 9 e 10 km até o final do dia.

De Young Museum

Então, entramos na 6ª avenida e caminhamos até o de Young Museum. Estava rolando uma exposição nele, a “Botticelli to Braque”, mas em função do pouco tempo para explorar tudo, não entramos. Aliás, não entramos em nenhum destes museus do parque, alguns em função dos valores, mas a maioria por falta de tempo. Se você deseja conhecer e explorar estes museus com calma, sugiro que você tire um dia inteiro para fazer isso, mas para nós essa não era uma opção.

Esse museu possui atrações temporárias e algumas permanentes sobre arte americana. Você pode subir uma torre que fica ao lado e ter uma visão privilegiada do parque e da cidade.

Japanese Tea Garden

Em seguida, passamos pelo Japanese Tea Garden, um jardim bem bonito que fará você se sentir no Japão pela sua estrutura e arquitetura. Cogitamos ir até o Stow Lake, mas desistimos pois vimos que já estávamos nos distanciando demais. Os outros destinos planejados ficavam para o lado oposto.

Music Concourse

Depois passamos pelo Music Concourse, um local que parece ser usado para apresentações ao ar livre, e logo em seguida pelo California Academy of Sciences, que também não entramos. Parece ser bastante interessante esse local, com uma floresta dentro dele, algumas espécies de animais e até um planetário.

Conservatory of Flowers

Dali pegamos a John F Kennedy Dr em direção ao leste e paramos no Conservatory of Flowers. Parada rápida para fotos, uma passadinha no banheiro e nos direcionamos para a saída do parque.

Golden Gate Park

Isso foi o que vimos em cerca de duas horas no parque. Diria que não vimos nem 5% do que ele oferece. Mesmo assim creio que vimos as opções mais famosas. Se você dedicar pelo menos 3 dias apenas para o Golden Gate Park, talvez você consiga conhecer todo o parque e suas atrações.

Melhor ainda se você estiver de carro, pois assim não cansa e consegue aproveitar melhor. O parque é cortado por algumas ruas e avenidas para isso.

A continuação deste dia, com os bairros Haight-Ashbury, Alamo Square, Mission e Castro, contamos no próximo post.

Se tiver alguma pergunta sobre o Golden Gate Park, deixe seu comentário que responderemos.

Sair da versão mobile