Dia 17.1 – Casar em Las Vegas – A escolha da capela

Casar em Las Vegas? Sim, nós casamos. E vou contar toda essa experiência incrível para vocês.

Ainda aqui no Brasil, já havíamos pensado sobre o assunto e eu fiquei de pesquisar as capelas e já deixar as coisas encaminhadas. Mas fui me enrolando e viajamos sem ter nada decidido.

No retorno a Las Vegas, decidimos deixar para os últimos dias, já que tínhamos muita coisa para conhecer. No fundo eu também não estava preocupada, pois sabia que seria fácil casar em Las Vegas. Só não imaginava que seria tão fácil.

Na noite anterior, pesquisei na internet novamente as capelas, entrei em contato com algumas por telefone e escolhemos nossas preferidas.

Farei outro post com todas as capelas da cidade e seus diferenciais. Porém aqui só vou antecipar que tem de tudo: casamentos temáticos, casamento com voo sobre o Grand Canyon, ou casamentos mais tradicionais e simples, que na verdade era o que procurávamos.

ESCOLHENDO A CAPELA PARA CASAR EM LAS VEGAS

No grande dia, acordamos e fomos direto para a Chapel of the Flowers, pois era a número um da nossa lista.

Chapel of the Flowers

A capela fica localizada na 1717 S Las Vegas Blvd. Há outras capelas próximas a essa região. Caso não desse certo com essa, não precisaríamos ir tão longe atrás de outra.

Fomos muito bem recebidos e logo nos disseram que nosso casamento em Las Vegas poderia ser realizado ainda essa noite sem problemas.

Todas as capelas da cidade trabalham com pacotes fechados de casamento, que incluem determinados itens e que tem uma grande variação de preços.

Gazebo da Chapel of the Flowers

Sentamos com a nossa wedding planner para escolher o nosso e acabamos ficando com uma das opções mais simples. Afinal estávamos sozinhos e essa opção já tinha os itens que nos interessavam.

O pacote de casamento que nós escolhemos custou 395 dólares + 100 da fotógrafa e incluía: 30 fotos impressas, buque, flor de lapela, um DVD da cerimônia, música, limusine para nos buscar e levar do hotel e a transmissão ao vivo do casamento para que nossos familiares e amigos aqui no Brasil pudessem assistir.

O interior da capela

Ainda nesse momento escolhemos as flores do buque e da lapela. Também agendamos a cerimônia para às 19h. Tudo decidido e acertado, tínhamos agora que comprar as roupas para usar no casamento.

LICENÇA PARA O CASAMENTO TER VALIDADE

Aqui, cabe uma observação: para que o casamento em Las Vegas tenha validade no civil (nos EUA) é necessário que antes de ir para a cerimônia, você passe no Cartório Matrimonial e tire uma Marriage Licence.

Para tirar essa licença, o casal deve ir junto levando seus passaportes, pagar uma taxa e a licença fica pronta na hora. O local fica na 201 E Clark Ave, e é aberto das 8h até a meia noite. Essa regra provavelmente existe para inibir que pessoas que beberam demais acabem se casando de verdade.

Local para tirar a Marriage Licence

Para realizar a cerimônia na capela não é necessário ter essa licença. Neste caso o casamento não terá validade civil. Nós optamos por isso mesmo assim. Porque o valor das taxas para tirar a licença e depois expedir a certidão de casamento para o Brasil sairia mais caro do que simplesmente casar no cartório aqui novamente. Então optamos por isso.

Desta forma, o nosso casamento em Las Vegas representou nosso casamento religioso, sem valor legal, mas com muito valor afetivo e simbólico.

Como não iríamos tirar a licença, seguimos para o Premium Outlet North, onde pretendíamos encontrar um vestido para mim e uma camisa para o Gabriel. Como somos discretos, queríamos roupas simples mas que nos fizessem sentir noivos.

Entramos em algumas lojas e provamos algumas roupas, até que eu encontrei um vestido branco, curto e com renda nas costas, por apenas 20 dólares, dá para acreditar? E o Gabriel encontrou uma camisa preta que combinaria perfeitamente com calça e sapato que ele já tinha.

Ainda no Outlet, aproveitamos para nos entupir com um pouco de pretzels. Havíamos descoberto essa delícia alguns dias atrás e na pressa atrás de roupas acabamos enchendo a barriga com isso.

Voltamos para nosso hotel para guardar as compras e ainda tínhamos uma tarde livre pela frente. Decidimos que aproveitaríamos para relaxar e fomos para um local bem interessante no nosso pré casamento.

Te conto no próximo post.

Sair da versão mobile